[D30D] 30 dias sem doces

Desde 2013 que faço os chamados “desafios de 30 dias” (ideia que fui buscar ao vídeo infra e que é genial, a propósito!)

No mês que passou o desafio era

30 dias sem doces

E cá fica o meu testemunho.

sweets

Bom… foram mais 21 dias e ao 21.º dia sucumbi. Já tinha ouvido dizer que o açúcar é como uma droga, mas perceber isso em primeira mão é algo muito diferente…

Fiquei com a ideia que quero repetir a experiência, seguramente (também precisei de duas tentativas com o desafio da meditação)… mas preciso é de fazer estágio antes – é desmaiado duro fazer isto “à comando”.

De qualquer forma, esta experiência já foi frutuosa e valeu bem a pena.

Pontos principais deste desafio:

  • Surpreendeu-me sentir muito mais energia e estar bem mais produtiva no período sem doces!
  • Foi difícil como o raio durante os primeiros dias, especialmente depois de almoço. Usei chicletes nos primeiros dias para conseguir aguentar-me.
  • Dei por mim a comer mais fritos – porque que outra “confort food” existe quando não se está a comer doces?
  • Passado um certo tempo comecei a sentir mais o doce – por exemplo, um pacote inteiro de açúcar passou a ser demasiado no café

d96522b8deefef28db08e4977c311948

  • Em casa não foi especialmente difícil fazer esta mudança – mas fora de casa… Requer muito mais esforço!
  • Depois da primeira semana já não me custava quando os meus colegas me ofereciam um doce qualquer ou um rebuçado, distraídos; o que nunca deixou de custar foi recusar um doce que alguém faz, porque sabe que eu vou visitar e fez “aquele” doce com carinho e amor. e porque na verdade sim, tendemos a fazer doces para as pessoas de quem gostamos – e esses são os doces melhores e mais irredutíveis! (e que é chato recusar; nestas situações povoei sempre uma garfada do que me ofereciam)
  • Quando se é vegetariana/o (como eu) e já se tem de dizer quando se come fora ou em casa de outras pessoas se “não há por acaso outra coisa além do bife/peixe? É que eu sou vegetariana…” (isto é, dessa gente estranha! – pelo menos é o que eu depreendo de alguns sítios mais tradicionais onde o empregado de mesa revira os olhos depois desta frase e me diz “então o que é que quer?” como se fosse a coisa mais abstronça do mundo e para a qual claramente “não há pachorra”) – acrescentem a dificuldade quando o menu é fixo, como acontece em jantares de grupo por vezes e quando a seguir ainda se vai recusar a sobremesa ou até pedir uma frutinha. É dificil, acreditem em mim. Comer é muitas vezes um acto social e abalar as regras deste acto é uma coisa por vezes complicada!

921f07ddf3ea0f31c70a0c26180ed1bf

a87ed0df87deb9f6b726f773893eb772

Da próxima vez que fizer este desafio, tenho de ter as regras mais claras e seguramente terei de planear melhor os dias em termos de comidas – porque o ideal é mesmo levar comida comigo; a oferta mesmo na minha escola é predominantemente de coisas doces ou com açúcar adicionado qb.

 Há uma senhora que fez este desafio com a família durante um ano inteiro (vim a descobrir mais tarde), do qual até resultou um livro. E partilho também o vídeo que motivou a experiência da Eve Schaub (cuja iniciativa também tem uma página de facebook)

O que acontece ao nosso cérebro quando comemos açúcar?

 

 

E vocês, que desafio de 30 dias andam a fazer/pensar fazer? 🙂

 

Outros desafios de 30 dias que eu já fiz

(os bem sucedidos – que fracassados há outros tantos :))

30 dias sem facebook

30 dias a meditar

30 dias vegan

30 dias a enviar postais

desafio de 15 dias (que fiz em 30) do Into Mind

30 dias sem falar alto

Um mês sem séries de tv

um mês em que as duas primeiras horas de trabalho por dia são sem acesso à internet

escolher um poema e por 1 poema por dia na walldo facebook de um amigo diferente

Um mês sem internet em casa

Um mês a usar transportes públicos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s