[Livros] #3 The green beauty bible

Título :: “The green beauty bible”

Autor :: Sarah Stacey & Josephine Farley

Editora :: Kile Cathy Limited (London, 2008)

GBB-paperback-cover-medium

Sinopse e crítica

O livro, claramente da categoria “livro prático”, propõe ajudar @ leitor@ a tornar os seus hábitos de beleza mais ecológicos e orgânicos. O argumento que é transversal a esta literatura é que nos produtos cosméticos se encontram com frequência produtos tóxicos e até cancerígenos que em pequenas dosagens seriam maioritariamente inofensivos, mas que nós acumulamos ao usar vários produtos. As autoras propoem na “green beauty bible” dotar as leitoras de conhecimentos e técnicas para suavizar (ou idealmente, eliminar) esta questão, incluindo além de receitas “caseiras”, revistas e críticas a produtos de beleza “orgânicos” ou “biológicos” disponíveis no mercado, bem como entrevistas a ícones desta área.

Ao fim ao cabo o que se defende é que aquilo que funciona é o que se usa – e na maior parte dos casos, as pessoas gastam imenso dinheiro e depois não usam os produtos (de forma não muito distinta dos aparelhos de ginástica, por exemplo :)). A generalidade das sugestões do livro são “no non-sense”, ou seja, muito pragmáticas e de senso comum, havendo uma clara preferência e referencia a hábitos e medidas que não usam propriamente nenhum produto ou então que usam um mínimo de recursos.

A minha versão do livro está claramente desatualizada, mas não deixa de ser uma visão fresca, realista e muito diferente de tudo o que é referido nesta área, que essencialmente pretende vender, vender, vender, vender.

O meu contexto

Comprei este livro usado na Amazon, depois de ter lido “no more dirty looks”.

Algumas ideias do livro

O livro divide-se em 10 secções: skin, make-up, eyes, teeth, hair, body, sun, hands & feet, fragrance e natural living.

As autoras começam por referir que a generalidade das mulheres possuem mais produtos do que realmente precisam – mas que depois não deitam fora porque se sentem culpadas. E esquecem-se com frequência que todos os produtos cosméticos têm uma data de validade, ficando com produtos que os ultrapassam largamente.

Sendo as preocupações do livro também claramente ecológicas, as autoras referem a necessidade de pensar na reciclagemdas embalagens ou no algodão que usamos, já que o algodão é o tipo de plantação mais pulverizada com químico de todas, o que é mau para a planta e o produto, mas também para todo o ambiente circundante.

Have-Light-Skin-Step-9

Pele

Básicos

Refere-se a alimentação como a principal forma de manter um regime de beleza, indicando a importância de evitar o açúcar, beber muita água, dormir o suficiente e comer verduras (ideias chocantes e inovadoras… ou não…). Sugerem ainda reduzir o consumo de carne e laticínios e exercício ao ar livre como forma de tratamento da pele.

Limpeza

As autoras chama a atenção para o impacto de usar produtos ecológicos ou receitas caseiras na limpeza dos têxteis da casa, que por seu turno entram em contacto com a pele como uma forma de muitas vezes lidar com a pele sensível.

Borbulhas

Entre muitas sugestões, as autoras sugerem o uso de gel aloe vera puro para evitar as cicatrizes de borbulhas.

Pele cansada

Também entre muitas sugestões

  • colocar um pano com água morna/quente e umas gotas de óleo essencial de rosmaninho na cara e relaxar;
  • fazer uma esfoliação geral no corpo
  • fazer uma massagem nas orelhas com foco nos lobos

 Óleos

As autoras referem o uso de óleos como hidratantes, especialmente à noite e elogiam particularmente o azeite.

Máscaras

Propoem-se máscaras caseiras para pele com manchas (com 3 cl de limão, 1 cl de mel e 4 cl de argila verde e um pouco de água), pele normal a seca (meia banana, 2 cl de cornmeal, 1 gema e um pouco de leite , de preferência gordo) e pele oleosa (1 cl de pure de abacate, 1 cl de mel, 3 gotas de vinagre de cidra e um pouco de óleo de sésamo).

Exfoliantes

Aveia empapada em água morna aparentemente pode ser usada com esfoliante facial – ao que se pode adicionar sal e/ou açúcar para exfoliar o resto do corpo.

Creative_Wallpaper_Magical_makeup_054930_

Maquilhagem

As autoras chama a atenção para a toxicidade da formulação destes produtos e a prevalência de ingredientes aparentemente inofensivos como o talco, que podem conter amianto (as marcas orgânicas que usam talco certificam a ausência de amianto no produto).

Como substituto de batom de cieiro que muitas vezes são feitos à base de produtos derivados de petróleo (como a vaselina), sugerem-se substâncias e óleos naturais, como manteiga de cacau e karité, óleo de abacate, jojoba e hemp (nunca sei a tradução de hemp; é marijuana, mas que não se pode dizer “marijuana” porque não é a parte psicotrópica da planta), misturados com cera de abelha para fazer com que os ingredientes “assentem”.

Há uma campanha para tornar os produtos cosméticos mais seguros mencionada no livro, disponível aqui: http://www.safecosmetics.org/

Para evitar desperdiçar batom, sugere-se o uso de um pincel de modo a chegar ao fundo dos tubos, que geralmente não é usado.

smile1

Dentes

Usando escovas manuais ou elétricas, as autoras referem a importância de trocar de escova com regularidade e de manter a escova limpa (um método natural é colocar a escova num copo de água com duas ou três gotas de óleo essencial da árvore do chá) bem como a possibilidade de usar “tongue scrapers”, sobretudo se se tiver mau hálito.

Quanto a pastas de dentes, as autoras chama a atenção para a preferência por produtos que não incluam SLS (sodium lauryl sufate), PEG (polyethylene glycol) 6, 12 e 32 e sacarina.

Úlceras bucais

Sugere-se evitar o uso de produtos com SLS, identificar os alimentos que causam as úlceras, vitaminas do complexo B, produtos com ácido hialurónico e xilitol, bochechar com chá de camomila, produtos com equinácea, mirra ou alcaçuz – e se duas semanas depois o problema persistir consultar um médico ou dentista.

hair

Cabelos

Seguindo os conselhos de John Masters, é encorajada a aceitação das tendências naturais do cabelo de cada pessoa, de modo a minimizar a quantidade de tempo (energia, esforço, dinheiro, frustração…) devotada a este ritual, bem como a aposta num bom corte de cabelo que seja de baixa manutenção.

Sugere-se ainda:

  • massagens no escalpe, têmporas e pescoço (já que a falta de irrigação sanguínea pode afetar a qualidade do cabelo)
  • exercícios de respiração para gerir o stress
  • consumo de amêndoas, peixes gordos, verduras, leguminosas, iogurte, óleos e algas, bem como muita água, diariamente.
  • ocasionalmente hidratar o couro cabeludo com “neem oil”, fazendo uma massagem depois de aplicar o óleo nas pontas dos dedos e pentear o cabelo de seguida para espalhar o óleo no resto do cabelo; dormir com uma toalha morna enrolada à volta da cabeça.

Champô

Chama-se a atenção para a frequência com que SLS aparece em champôs e refere-se o movimento “no poo” (pessoas que abdicam completamente do uso de champô). O meio termo será usar champôs orgânicos (ou pelo menos sem SLS nem parabenos):

John Masters sugere ainda:

  • usar secador apenas quando o cabelo já estiver 75% seco
  • evitar esfregar o cabelo com a toalha de secar
  • o uso de escovas e secadores iónicos reduz o tempo de secagem
  • se a razão para lavar o cabelo é a forma do cabelo e não o facto de estar sujo, vaporizar água no cabelo em vez de o lavar completamente.

body_ls

 Corpo

Depois de referirem mais uma vez as vantagens de usar produtos sem ingredientes “maus”, as autoras passam para uma secção sobre esfoliação, onde referem as suas preferências: uma boa escova corporal (de preferência com um cabo longo) ou esfoliantes com base de óleo e sal ou açúcar (e.g. azeite e sal),  já que fazem um dois em um: hidratam e esfoliam.

Outras ideias:

  • usar óleo essencial da árvore do chá como antibacteriano.
  • usar manteigas vegetais como: cacau (rica e muito hidratante), manga (ótima para estrias e para aumanetar a elasticidade da pele) e karité (rica em vitaminas A, E e F é quase universalmente boa, aparentemente).
  • óleo essencial de gengibre como antinflamatório
  • esfoliante caseiro: iogurte com flocos de aveia

sunshine_meditation

 Sol

As autoras recomendam o uso de protetores solares preferencialmente de barreiras físicas e não apenas químicos pois estes últimos são menos bons sobretudo para o sistema endócrino.

hands-and-feet

Mãos e pés

Depois de referir os principais tóxicos presentes nos vernizes em geral (toluene, formol e phthalates), indicando marcas que não usam estes ingredientes (e.g. OPI), as autoras referem uma das coisas que melhor faz às mãos é mantê-las ativas com atividades como (piano, bordados, etc.).

Para as unhas as autoras sugerem

  • uso de óleo para hidratar as unhas à noite
  • limar as unhas e alisar as face das unhas com um buffer
  • uso de luvas quando se lava a loiça ou outro tipo de trabalhos “sujos” – ou então cravar as unhas numa barra de sabão antes de fazer essas atividades.

o-PERFUME-facebook

Fragrância

Os ingredientes dos perfumes são considerados “segredos industriais” – e na composição de qualquer perfume, por norma aparece um elemento misterioso chamado “fragrância” ou “fragrance” – que pode ser virtualmente qualquer coisa.

Assim, as autoras sugerem o uso ponderado de perfumes em ocasiões especiais ou então a mudança para perfumes orgânicos.

DIY

Há uma secção DIY (do it yourself), em que se dão diretrizes para fazer um perfume pessoal com óleos essenciais que devem ser diluídos em óleo de jojoba ou uma solução alcoólica concentrada (como vodka), em que a essência representa 7 a 15% da solução no caso de perfumes ou 3 a 10% no caso de águas de colónia. Sem outros elementos, a duração de um perfume destes na pele é de apenas 2 horas, pelo que necessita ser reaplicado com frequência.

  • romantic blend: 10 gotas (g) de óleo essencial (oe) de rosa; 10 goe neroli; 5 goe de gerânio
  • sensual fusion: 3 goe ylanylang; 7 goe jasmim; 7 goe sândalo; 3 goe salva
  • uplifting blend: 10 goe toranja; 10 goe limão; 3 goe rosmaninho; 3 goe verbena
  • something breezy: 3 goe hortelã pimenta, 15 goe bergatmota, 7 goe lima
  • to soothe you: 5 goe lavanda, 10 goe tangerina, 5 goe petitgrain ou 10 goe frankincense, 5 goe cedro e 10 goe bergamota
  • a blend for the office: 3 goe menta, 12 goe toranja, 10 goe laranja amarga
  • pregnancy perfume: 10 goe tangerina, 5 goe lima, 10 goe lavanda

Casa

Fazem parte da quantidade de químicos com que nos rodeamos as fragrâncias da casa; e se com os cosméticos isto acontece, com as fragrâncias que não são de uso tópico a coisa piora. Assim, as autoras recomendam algum cuidado com o tipo de cheiros que se põe em casa, fazendo o apelo pelo uso de coisas mais naturais e ecológicas.

wallpaper-nature-3d

Natural Living

Aqui se incluem dietas de acordo com o tipo de corpo das pessoas (5 biotipos), receitas de sumos, uma lista de “super alimentos”, formas de melhorar o funcionamento do sistema imunitário, exercício (parece que o mesmo exercício ao ar livre queima mais calorias do que o inverso) e uma secção de poses de yoga. Inclui-se ainda uma secção sobre sono e sugestões sobre como ser mais “amigo do ambiente”, como:

  • ter mais cuidado com o gasto de energia em casa (isolar o teto, luzes florescentes ou de poupança de energia, cuidado com as torneiras para não ficarem abertas, etc)
  • usar transportes públicos, especialmente comboio ou barco
  • comprar produtos de algodão orgânicos (um quarto dos pesticidas no mundo são usados em colheitas de algodão!)
  • evitar as coisas que normlamente se usam apenas uma vez (e.g. substituir lenços de papel por lenços de pano)
  • fazer (e remendar) coisas e ter uma pequena horta

Onde mora este livro?

Este livro foi oferecido à delegação do Porto da União Budista Portuguesa e mora na pequena (para já) biblioteca que existe nas suas instalações.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s