[um ano sem televisão] semana 2.3

Quanto mais silencio o supérfluo, mais fácil se torna ouvir-me a mim mesma.

Turn off your tv Reclaim your world

Esta semana – finalmente!! – quase só boas notícias.

Depois de mês e meio a lutar com o vício, e depois de na semana passada alguma investigação sobre o tema, decidi fazer uma intervenção mais abrupta e deixei simplesmente de ver vídeos no youtube e séries de TV.

No primeiro dia em que fiquei em casa acabei por desenhar, e nos dias seguintes calhou quase sempre de sair.

Continuo a ouvir podcasts que às vezes estão no youtube e oiço bastante rádio.

Tenho dúvidas existenciais acerca de “ver filmes” que é uma coisa que mal entrei no fim de semana me pus a fazer porque “não é a mesma coisa que ver TV”, mas acho que também devia entrar para o desafio.

turn-off-the-tv-715x413

 Reflexão

Esta semana foi especialmente interessante porque consegui mesmo parar de ver coisas no pc. No início sentia-me só culpada por não estar a trabalhar nos momentos de pausa (que é o que eu acho que me faz ter este vício tão entranhado), mas depois aceitei que preciso de parar também e deixei-me fazer outras coisas. Como consequência, acabei por desenhar e trabalhar outras coisas igualmente importantes e mesmo a descansar produzi alguma coisa, o que é sempre bom.

Também sinto uma coisa curiosa que é, a ver se consigo explicar, “consigo-me ouvir melhor” – não sei se isto faz sentido para vocês, mas sinto que consigo perceber melhor que me apetece e não fazer e acabo por tomar decisões diferentes de simplesmente ficar em frente ao pc a ver coisas com a mente apagada.

Sinto-me mais organizada, mesmo assumindo que tenho os meus momentos de preguiça e de não querer fazer nenhum. Tem-me ocorrido com frequência a expressão “woodshedding”, aquela ideia dos artistas que se tornam eremitas durante algum tempo para poderem melhorar os seus projetos artísticos – sinto-me um pouco assim.

Vamos ver como corre a última semana do mês deste processo.

tv

 Pesquisa

Television “Addiction?” An Evaluation of Four Competing Media-Use Models (abstract) – http://jmq.sagepub.com/content/69/2/422.short

televisionaddiction

Television addiction is no metaphor (Kubey &Csikszentmihalyi, 2002) – http://faculty.oxy.edu/clint/physio/article/televisionaddiction.pdf

Internet addiction

36. Weinstein et al., (2014)

Kuss_CPD_2014

 

 

 

 

Um pensamento sobre “[um ano sem televisão] semana 2.3

  1. Pingback: [Um ano sem televisão] um resumo | Helena G. Martins

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s