[um ano saudável] maio

Maio foi um mês pouco produtivo nesta missão, mas ainda assim, houve lições a aprender.

Power_Key

Confesso que no final de maio me sentia bastante fracassada nesta tarefa de me tornar mais saudável em 2016. Tenho a sensação que apesar de haver pequenas mudanças, não há alterações de fundo que é algo que eu precisava realmente de fazer.

Ajuda-me lembrar-me do desafio do ano passado, em que realmente deixei de ver séries de televisão e perdi o hábito de estar sempre a ver clips de youtube a qualquer hora do dia e todos os dias, com grande sucesso no final do ano – e em maio de 2015 também me sentia bastante fracassada no processo, cheio de avanços e retrocessos. Suponho que é sinal de que o desafio é efetivamente grande.

Assim, em maio, implementei poucas coisas realmente impactantes, embora tenha voltado a correr de forma regular na última parte do mês e retirei a internet de casa com efeitos interessantes.

Este mês decidi retirar a internet de casa. Os efeitos foram similares a uma das experiências que tinha feito anteriormente: maior foco, menor distração, mais ligação com as pessoas à minha volta, maior criatividade e concretização de projetos.

176856-Mindful-Eating

De um ponto de vista mais físico da saúde, a diferença está no chamado “mindful eating”, na medida em que acaba por haver uma maior consciência daquilo que se está a comer.

A questão aqui foi também que se tornou óbvio para mim um padrão do qual não tinha grande consciência: frequentemente não sei o que hei de comer e acabo por comer bolachas ou pão e beber leite (de amêndoa).

healthy-eating-h-82fbe2cf-e11f-454b-8f9a-c7562af055a9-0-472x310

Então, em junho, o desafio vai ser no sentido de ter alternativas sempre à mão no frigorífico, como palitos de cenoura, hummus, fruta descascada, etc. – coisas que são saudáveis e que saem da rotina do pão e bolachas.

Vou ainda experimentar várias receitas de sopa, porque é uma coisa que poderia ser importante ter “à mão”, mas que eu simplesmente não sei fazer (ou por outra, sei muito bem fazer sopas realmente más :D) e vou tentar simplificar refeições, através de peixe grelhado ou assado com legumes ou hamburger vegetariano com batata doce cozida ou arroz – coisas muito simples e rápidas de fazer que são também saudáveis.

Trail-Runner

Voltar a correr tem sido uma experiência bastante gratificante, na medida em que tenho conseguido evoluir muito rapidamente. Atualmente, estou a fazer 4 kms dia sim dia não, com intervalos de 1km a correr, 500 m a andar.

Adorava conseguir fazer uma maratona (há que tempos que tenho este projeto!) – e quem sabe se não é para o ano que isso acontece; quem sabe, pode ser esse o desafio do ano que vem? 🙂

Indicadores:

  • Dores de cabeça – continuo a ter cerca de uma vez por semana…
  • Peso – -7% desde o início do projeto

 

 

3 pensamentos sobre “[um ano saudável] maio

  1. Pingback: [um ano saudável] julho | Helena G. Martins

  2. Pingback: [um ano saudável] novembro | Helena G. Martins

  3. Pingback: [um ano saudável] reflexões | Helena G. Martins

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s