[um ano saudável] novembro

Novembro teve coisas boas e más, mas não teve nada do que estava programado.

O plano de novembro consistia em replicar as propostas de maio:

  1. [maio] internet reduzida ao mínimo absoluto em casa (desligada por sistema)
  2. [maio] comer sopa
  3. [maio] ter sempre coisas/snacks saudáveis no frigorífico

No entanto, em novembro, acabei por não fazer nada do que estava previsto, porque
a) continuei a ver imenso youtube como forma de relaxar no início do mês
b) não sei fazer sopa
c) tenho coisas saudáveis no frigorífico, mas depois não é isso que como.

No entanto, não foi por não estar a seguir com a “programação” que deixei o projeto. Sinto que apesar de ter simplificado as coisas de alguma forma em junho, ainda assim, há coisas muito importantes que estão a falhar em termos de mudança de estilo de vida e que requerem um pouco mais de tempo e permanência nesta missão; olhando para trás neste ano (já começo a poder fazer isto, na entrada para o último mês!), verifico que se calhar houve algumas coisas que fizeram menos sentido que outras. Enfim.

Este mês consegui implementar:

800.jpeg

  1. Andar de transportes públicos e andar a pé.

Tenho andado quase sempre de transportes públicos desde que a minha escola mudou de instalações. Isto permite-me apanhar ar e espairecer, sinto as ideias fluir mais – e por outro lado sinto muito mais controlo do meu horário! Estou mesmo satisfeita com esta mudança de vida que seguramente é para manter; na primavera/verão conto deslocar-me de bicicleta e não de metro!

balanca-digital-vidro-temperado-180kg-banheiro-peso-D_NQ_NP_892011-MLB20452125668_102015-F.jpg

2. Pesar-me regularmente

A atividade em si não faz muito mas alguns estudos indicam que pessoas que se pesam regularmente tendem a ganhar peso com menor facilidade do que aquelas que não se pesam de todo ou que só se pesam de longe a longe. Ainda assim, este mês recuperei algum do peso perdido ao longo do ano.

shutterstock_271332740

3. Ter mais tempo para mim

A partir do meio do mês a minha atividade profissional reduziu de um ritmo absurdo para um ritmo normal o que me permite ter algum tempo para mim e para descansar, que era algo que estava a fazer imensa falta.

pillsinhand

4. Fazer o tratamento da enxaqueca direitinho (mais ou menos)

Já consigo fazer o tratamento da enxaqueca mais ou menos direito e está a resultar bastante bem, apesar de já ter voltado a ter um par de episódios desde o início do tratamento.

No fim de novembro sinto que apesar de já me ser mais natural uma certa preocupação com a saúde em algumas escolhas que faço, o que é fruto da experiência deste ano, claramente faltam grandes mudanças. Sinto que precisava de mudar mais coisas na minha alimentação porque claramente não como legumes e fruta suficientes e precisava de arranjar forma de dar prioriade a fazer exercício umas 3 vezes por semana.

Vamos lá dezembro!

 

 

Um pensamento sobre “[um ano saudável] novembro

  1. Pingback: [um ano saudável] reflexões | Helena G. Martins

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s